14 de nov de 2010

obrigada (...)

Hoje escrevo para ti, apenas para ti. porque mereçes mais que isto, mereçes mais do que ninguém um 'amo-te' verdadeiro. Tu fazes parte de mim, do meu passado, do meu presente e espero que no futuro assim seja também. Sinto que estás sempre perto mesmo que a distância seja grande, sinto q estás sp comigo a qualquer segundo ou minuto. Temo perder-te, temo perder a estabilidade de te sentir por perto. Por vezes sou inutil por querer-te só para mim, sou inutil por pensar que devias ser apenas meu mas isso nem sempre é mau porque nesses momentos percebo que és muito p mim.És lindo por dentro e por fora, adoro quando dizes ‘amo-te’, fazes-me sentir tão segura da amizade que temos. Mas sabes o que me custa mais ? pensar que em tempos te desiludi, pensar que em tempos deixas-te de confiar em mim. Eu sei que isso já faz parte do passado, que já foi lá atrás mas não deixa de me causar dor porque eras e és a ultima pessoa que eu quero desiludir. Não sei quem sou se não te tiver, não sei que sentido tem a minha vida se eu não te tiver. Não sou nada sem ti. És imenso para mim por isso peço-te por tudo que não me deixes nunca e que estejas sempre aqui sem que nunca esqueças que existo porque eu nunca te vou esquecer, nem no ultimo dia da minha vida. Amo-te muito (L)